Ajudar as organizações a subir na Web
Menu
PWM is a Hootsuite Partner

Hootsuite Solution Partner

Inscrição na Digital Marketers - Associação de Marketing Digital

Saber mais sobre o Workshop SEO

3º Digital Drink Porto

7º Digital Drink Lisboa

Boas práticas em Web design

No seu sector de actividade a presença na Internet já não é só um “must”. É vital.
Por isso, contactou uma empresa de informática, que lhe entregou semanas mais tarde um site “fantástico”.
Ele era sons e animações tipo ficção científica, fundos tipo padrão de gravata, botões modernos, muita cor e criatividade ao longo do site, em suma, um sucesso!

Será?

Neste artigo apresentamos algumas recomendações sobre como se prevenir de ‘informáticos’ que fazem sites para eles próprios, quando deveriam fazer para os clientes dos seus clientes.

a) Crie um sistema de navegação fácil.

Isto é um dos mais importantes aspectos a considerar quando desenhamos um site. Você tem de assegurar que os seus visitantes conseguem encontrar o que procuram fácil e rapidamente. A maioria dos sites utiliza as suas barras de navegação no topo ou à esquerda das páginas. Uma vez escolhida a sua localização, mantenha-a no mesmo local.
Assegure-se que o menu de navegação consta em todas as páginas. Lembre-se que, para os motores de busca, todas as páginas são “home”. Isto significa que grande parte das visitas começam em páginas secundárias. Se os visitantes não tiverem um sistema de navegação acessível, sairão de imediato do seu site.
Também é recomendável o uso de menus de rodapé, para evitar que as pessoas tenham o desconforto de rolar para o topo da página se quiserem ver outras páginas.

b) Não abuse de efeitos especiais

Use animações e sons com parcimónia. Para além de poderem gerar desconforto no visitante, provocam lentidão nas páginas. É frequente os visitantes saírem destas páginas antes do ‘fogo de artifício’ sequer ter carregado.
Quando utilizar imagens assegure-se de que foram optimizadas para terem a menor resolução possível para uma qualidade aceitável. Se tiver que usar imagens grandes, pondere colocá-las por baixo de texto. Deste modo, os visitantes poderão ir lendo os seus textos enquanto as imagens carregam.

c) Fundos

Garanta que todos os visitantes conseguem ler o texto por cima dos fundos que escolheu. Não cometa erros do género: letras pretas sobre fundo azul escuro ou amarelas sobre fundo branco. Verifique também se os seus links são visíveis antes e depois de serem clicados. O padrão mais usual é que os links tenha cor azul antes de serem visitados e roxa depois. Assim, se usar fundos escuros, assegure-se de que os seus links são claros.
Evite fundos com padrões carregados que distraiam o visitante do que ele pretende: os conteúdos. Embora reconheçamos que não há regras obrigatórias, devemos reflectir por que motivo a maioria dos sites usa o branco como cor de fundo. Porque as páginas ficam mais limpas e legíveis. Se quiser dar um toque diferente e pessoal ao seu site prefira títulos coloridos e imagens ao longo das páginas.

d) Links externos

Uma boa prática quando colocamos links para fora do site é fazer com que eles abram numa nova janela. Assim os visitantes poderão voltar ao seu site depois de terem visitado o link externo.

e) Mapa do site

Se o seu site tiver mais do que 5 páginas coloque um mapa do site para que as pessoas possam perceber melhor os seus conteúdos e a sua estrutura. E se tiver mais do que 15 páginas instale-lhe um motor de pesquisa eficaz. O Google permite que se instale um motor de pesquisa dentro dos sites, a troco de publicação de anúncios nas páginas de resultados. Páginas habitualmente com resultados muito certeiros e relevantes para a palavra pesquisada.

f) O conteúdo é rei

Se bem que seja importante que o seu site pareça limpo e profissional, é muito mais importante que você se foque nos conteúdos e respectiva promoção. Você pode ter dedicado longas horas a escolher os seus botões, mas o certo é que o que os seus visitantes querem são informações, não botões e cabeçalhos espalhafatosos.
Se quiser um site profissional, seguem alguns aspectos a evitar:

1. Páginas de abertura do género “Bem-vindo! Clique para entrar”;

2. Introduções em Flash;

3. Caixas de correio animadas;

4. Música com arranque automático. Deixe ser o seu visitante a escolher se quer ouvir a música de que você tanto gosta;

5. Contadores de visitantes do tipo “Visitante nº 000243”. É importante medir o desempenho do seu site, mas opte por contadores ocultos.

6. Datas de inserção dos conteúdos antigas ou de eventos já decorridos, a menos que actualize o seu site frequentemente, o que recomendamos vivamente, embora reconheçamos que é algo muito trabalhoso.

7. Fundos chamativos. Opte por fundos lisos, ou com degradés suaves ou com padrões discretos.

Que páginas deve ter um site?

Antes de começar a pensar sobre o que escrever em cada página, é importante criar um plano que liste todas as páginas que queremos incluir.
De seguida apresenta-se uma lista com as páginas mais frequentemente usadas:

1. Home Page (Primeira Página)
2. Produtos / Serviços
3. Contactos
4. Preços
5. Testemunhos / Críticas aos produtos / Antes & Depois
6. Perguntas mais frequentes
7. Formulários como “Subscrever” ou “Pedido de informações”
8. Newsletter
9. Documentação / Artigos
10. Sobre nós / Empresa
11. Garantias
12. Teste online / Visita / Vistoria
13. Calendário de eventos
14. Motor de pesquisa e respectiva página de resultados
15. Política de devoluções ou reembolso
16. Política de privacidade
17. Mapa do site
18. Direitos industriais (copyright)
19. Links úteis
20. Notícias sobre nós
21. Notícias sobre o sector
22. Loja online
23. Suporte online / Apoio técnico
24. Fórum
25. Blogue

Ver o artigo original: Boas práticas em Web design (Nota: abrirá outra janela)

Poderá também ter interesse em: